O presente trabalho é resultado de um subprojeto que contempla o componente “Educação Ambiental, Informação e Divulgação da Biodiversidade” do Projeto de Conservação e Utilização Sustentável da Diversidade Biológica Brasileira (PROBIO), do Ministério do Meio Ambiente. Foi feito ao longo de 2005 e concluído no início de 2006 e produziu um conjunto articulado de material didático impresso sobre a conservação da biodiversidade brasileira, que integre os biomas brasileiros, as espécies da fauna brasileira ameaçadas de extinção (constantes da lista oficial), a problemática da fragmentação de ecossistemas e das espécies exóticas invasoras e a necessidade das Unidades de Conservação da Natureza, conforme os temas considerados prioritários pelo PROBIO.

Todo esse conjunto didático trata a temática da biodiversidade seguindo os princípios da Política Nacional de Educação Ambiental (Lei 9.795/99), que recomenda a abordagem do meio ambiente em sua totalidade, considerando a interdependência entre o meio natural, o sócio-econômico e o cultural, sob o enfoque da sustentabilidade. Os materiais foram concebidos dentro da abordagem dialógico-problematizadora, inspirada em Paulo Freire, apresentando desafios para os alunos e para ser resolvidos conjuntamente, variando desde a abordagem experimental no ensino-aprendizagem até o envolvimento e participação em fóruns coletivos locais, passando por atividades de planejamento, implementação e avaliação de pesquisas em Educação Ambiental no entorno da escola.

Nesse material é mostrada a realidade concreta das pressões e ameaças sofridas pelo meio ambiente e também as iniciativas que vem sendo desenvolvidas no sentido de proteger a natureza e a vida que nela reside. Portanto, estas experiências, problematizadas nos portifólios, têm sua origem em casos reais e foram organizadas, sob a forma de situações de conflitos socioambientais com exemplares de resoluções, acompanhadas de fotografias que ilustram essas mesmas situações.

Este material didático também, longe de esgotar todas as histórias e casos, representa um apanhado parcial dos movimentos ambientais do Brasil, que muitas vezes não são vistos ou conhecidos e que costumam permanecer no anonimato, até que as redes de ambientalistas possam trazer à tona, e mostrá-los para muitos.

Que este material didático possa contribuir para o bem comum. E que possa, com o tempo, ser enriquecido educacionalmente a partir da contribuição de muitos professores e alunos que venham a conhecê-lo, utilizá-lo, criticá-lo e aperfeiçoá-lo e distribuí-lo.